Open house

 

“Open house” foi apresentada no contexto de uma exposição colectiva Mostra’16, realizada num edifício de escritórios desactivado, em Lisboa, onde a cada artista foi atribuída uma sala para intervir.
Desenvolvida in situ, materializou a vontade de ocupação do espaço com uma série de objectos recolhidos de casas abandonadas.
O processo de instalação e re-configuração do espaço contempla a possibilidade de funções alheias à intenção por trás da sua concepção serem exercidas pelos objectos presentes, ao mesmo tempo que estimula a contaminação formal entre eles.
Este leque de conexões deu forma a um atmosfera controlada que restringia o visitante a uma área determinada, deixando zonas do quarto inacessíveis e, simultaneamente, disponíveis para que estas relações de forma e função se pudessem desenvolver.
O visitante poderia escolher o grau de penetração no espaço. O chão de madeira estava disponível da mesma forma que a área branca, coberta de gravilha, se apresentava instintivamente vedada.

1
2
3
4
5
6
7
8
9






Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net